NOTÍCIAS

 

Hoje - sexta - feira ,17 de junho de 2016

Henrique Eduardo Alves pede demissão do ministério do Turismo

Alves é o terceiro ministro a deixar o cargo em pouco mais de um mês do governo interino de Michel Temer

Foto: Alexandra Martins /Divulgação,Câmara dos Deputados

Citado na delação premiada do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, o ministro do Turismo,Henrique Eduardo Alves, pediu demissão na tarde desta quinta-feira (16). Ele é o terceiro ministro a deixar o cargo em pouco mais de um mês de governo do presidente interino, Michel Temer.

Na delação, tornada pública ontem, Machado afirmou que repassou R$ 1,55 milhão em propina a Alves, entre 2008 e 2014. Segundo o delator, os valores foram repassados pela construtora Queiroz Galvão.

Em maio, Temer precisou substituir dois ministros citados por Sérgio Machado. Oprimeiro foi Romero Jucá, então ministro do Planejamento, que caiu após a divulgação de um áudio em que mencionava um “pacto” para estancar a Operação Lava Jato.

Uma semana depois, Fabiano Silveira deixou a pasta da Transparência. A situação dele no cargo ficou fragilizada após serem divulgadas conversas em que ele criticava à Lava Jato e orientava a defesa de investigados no esquema de desvios de recursos na Petrobras.

Foto: Antônio Cruz/Agência

Foto: Antônio Cruz/Agência

O ex-presidente da República e ex-senador José Sarney divulgou nota nesta quinta-feira (16) para negar as acusações feitas pelo ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado.

No texto, Sarney diz que nunca recebeu “nenhum centavo” por parte das mãos de Machado. E que nunca discutir com os senadores Renan Calheiros e Romero Jucá “questão relativa a recursos”.

O ex-presidente afirmou ainda que pretende processar Sérgio Machado para “esclarecer a verdade” e “punir o delator”.

Machado acusa Sarney de ser um dos beneficiários da propina paga por empreiteiras no esquema de corrupção na Transpetro.

Só ontem à noite tomei conhecimento da íntegra da delação do senhor Sérgio Machado. Posso assegurar ao povo brasileiro — que já conhece do que ele é capaz — que nela, em relação a mim, não há nenhuma afirmação verdadeira. Nunca recebi das mãos desse senhor nenhum centavo. Nunca discuti com os senadores Renan Calheiros e Romero Jucá questão relativa a recursos financeiros. Não conheço nem nunca tive qualquer contato com os filhos do senhor Sérgio Machado nem com a pessoa por ele citada.

Fico reconfortado pôr a Constituição que ajudei a fazer ser sábia ao entregar ao Supremo Tribunal Federal a guarda da Constituição, e não à Procuradoria Geral da República.

Mantenho a decisão de processar o senhor Sérgio Machado para esclarecer a verdade e punir o delator. O seu objetivo foi utilizar minha biografia para dar amplitude a sua delação. O das ações cautelares humilhar-me e desrespeitar-me. As raízes desse procedimento estão na política do Maranhão.

Inter joga bem, bate Atlético-MG e confirma liderança do Brasileirão

Colorado venceu equipe mineira por 2 a 0 e chegou a 19 pontos na competição

Foto: André Ávila  / Agencia RBS

O Inter derrotou o Atlético-MG por 2 a 0 no Beira-Rio e confirmou a liderança do Brasileirão. Os gols foram marcados por Sasha e Vitinho, em uma partida de grande atuação da equipe.

O Colorado tem 19 pontos e vê o vice-líder, Palmeiras, com 17, e o terceiro colocado, Grêmio, com 15. No próximo domingo (19), o Inter vai a Florianópolis para enfrentar o Figueirense. 

O Atlético-MG, por outro lado, segue na zona de rebaixamento. A equipe comandada por Marcelo Oliveira é a 18ª do Brasileirão, com apenas 7 pontos. O próximo compromisso será contra a Ponte Preta em casa, também no domingo.

O JOGO

Talvez nem o mais otimista dos colorados esperavam uma superioridade tão grande sobre o Atlético-MG no 1º tempo. Os primeiros 45 minutos apresentaram o Inter pressionando o Galo com intensidade.

Logo no primeiro minuto, Alex encontrou Sasha entre os marcadores adversários. O atacante colorado, na cara do gol, encobriu Victor e viu a bola sair por cima. Pouco depois, foi a vez de Alex finalizar. De longe, ele obrigou Victor a espalmar para escanteio.

A posse de bola colorada era superior. As principais ações eram do Inter. Do lado rival,Robinho Rafael Carioca demonstravam o reflexo do mau momento do Atlético-MG na partida e no campeonato discutindo em campo.

Victor, aos 31, salvou novamente o Galo. Desta vez, Ernando cabeceou à queima-roupa após cruzamento de Willian.

Um minuto mais tarde, Vitinho tocou para as redes. O gol marcado, no entanto, foi anulado por impedimento.

Sem sorte para marcar, Vitinho decidiu auxiliar. Ele serviu Sasha, aos 34 minutos, que sem goleiro, abriu o placar para o Inter: 1 a 0.

 

A resposta mineira não veio até o intervalo. O primeiro susto aconteceu aos 13 minutos do segundo tempo, quando Robinho arriscou de longe. Danilo Fernandesmandou para escanteio.

O goleiro colorado voltou a trabalhar aos 18. Patric, na entrada da área obrigou Danilo a cair no canto para fazer a defesa.

O Inter começava a recuar mais do que o necessário. O Galo tentava aproveitar.

Aos 29, no entanto, Anderson partiu em velocidade pelo lado esquerdo. O meia colorado invadiu a área e cruzou para Vitinho, que completou para o gol: 2 a 0.

 

Sobrava tempo para Danilo Fernandes evitar um gol de Robinho com grande defesa aos 38 minutos. Restava alguns minutos para Sasha, caprichosamente, acertar a trave da goleira defendida por Victor.

O Inter confirmou a vitória por 2 a 0 e a liderança do campeonato.

GAÚCHA

 

Fonte: GAUCHA

Postada em: 17/06/2016

 

 

Comentários

 

PEDIDOS

NOME

CIDADE / ESTADO

PEDIDO

TOP 10

1

COMO CHOREI (EDUARDO COSTA )
LEONARDO

2

CHUVA DE ARROZ
LUAM SANTANA

3

HOMEM NÃO CHORA
GUILHERME E SANTIAGO

4

Sapequinha
EDUARDO COSTA

5

Maus Bocados
CRISTIANO ARAUJO

6

Se você voltar (Part César Menotti Fabiano)
BRUNA VIOLA

7

AGORA
BRUNO E MARRONEY

8

RÉU APAIXONADO
TEODORO E SAMPAIO

9

HOJE EU TÔ TERRIVEL
CRISTIANO ARAUJO

10

MUDANDO DE ASSUNTO
HENRIQUE E JULIANO

 

 

PARCEIROS

 

Rádio São Marcos FM.