NOTÍCIAS

 

Hoje - QUARTA - FEIRA 22 de JUNHO 2016

Mais de 200 policiais cumprem 40 mandados de prisão contra traficantes do Norte do RS

22 de junho de 20160
cid

Foto: Divulgação/ Polícia Civil

A Polícia Civil realiza na manhã desta quarta-feira (22) em Soledade, no Norte do Rio Grande do Sul, uma operação policial para combater o tráfico de drogas. Mais de 200 policiais cumprem 40 mandados de prisão e outros 40 de busca e apreensão no município. Até o momento, foram 30 presos na ação desta manhã e outros oito durante os oito meses de duração da investigação.

A chamada operação “Garras da Lei” também tem objetivo de apreender armas, maconha, crack e cocaína. A investigação de cinco meses mapeou os principais pontos de venda de entorpecentes da cidade. Pequenas quadrilhas estão sendo desarticuladas nesta manhã.

O chefe de polícia, Émerson Wendt, acompanha pessoalmente a operação.

Governo nega ajuda financeira à Oi após pedido de recuperação judicial

Ministro-chefe da Casa Civil ressaltou que a solução deve ser encontrada pelo próprio sistema financeiro

Foto: Gilmar de Souza /Agencia RBS

O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, descartou nesta terça-feira (21) a possibilidade de o governo socorrer financeiramente a companhia de telefonia Oi, que ontem (20) apresentou pedido de recuperação judicial, informando dívidas de R$ 65,4 bilhões.

Padilha disse que o governo está atento ao caso e com a preservação dos empregos da companhia, mas ressaltou que a solução deve ser encontrada pelo próprio sistema financeiro.

“Até o momento, não há por parte do governo uma manifestação no sentido de intervir, interferir diretamente. Os nossos agentes do sistema financeiro nacional [bancos públicos] estarão prontos a prestar a colaboração no sentido de intermediar, preparar um projeto de busca de parcerias, se for o caso, para essa empresa. Mas participação direta do governo, dinheiro do governo, por óbvio que nesse momento, não há que se pensar nisso”, disse o ministro.

Como credores da Oi, Padilha lembrou que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Banco do Brasil podem participar das negociações para encontrar interessados em comprar a empresa telefônica, caso seja de interesse da Oi uma eventual negociação.

“Quando tem empresas que eles são credores, eles acabam vendo se conseguem buscar interessados. Quem está interessado em ver a situação resolvida são os credores. Se for demandado pela Oi [BNDES e BB podem buscar compradores], tentar formatar um projeto para poder pegar e receber o crédito e viabilizar a operação”.

Ontem (20), no fato relevante comunicado aos acionistas e ao mercado, a empresa informou que ajuizou, em conjunto com suas subsidiárias integrais, diretas e indiretas, pedido de recuperação judicial, em caráter de urgência, conforme aprovado pelo Conselho de Administração da companhia e nos órgãos societários competentes das demais Empresas Oi.

No documento, a Oi esclareceu que o pedido de recuperação foi ajuizado em razão dos obstáculos enfrentados pela administração da companhia para encontrar uma alternativa viável junto aos credores que possibilitasse à empresa atingir os objetivos mencionados acima e para viabilizar a proteção adequada das empresas Oi contra credores, preservando a continuidade das atividades empresariais das empresas Oi.

AGÊNCIA BRASIL

Jair Bolsonaro vira réu por incitação ao estupro em ofensa a Maria do Rosário

Jair Bolsonaro e Maria do Rosário (Fotos: Gabriela Korossy e Luis Macedo / Câmara dos Deputados)

Jair Bolsonaro e Maria do Rosário (Fotos: Gabriela
Korossy e Luis Macedo / Câmara dos Deputados)

A 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) aceitou denúncia contra o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) em razão de ofensas proferidas por ele à deputada Maria do Rosário (PT-RS). As ações julgadas na tarde desta terça-feira (21) se referem a discussões entre os parlamentares em 2014, quando Bolsonaro disse que Rosário “não merecia ser estuprada”. O STF também admitiu a queixa-crime em relação ao crime de injúria. Com isso, ele passa a ser réu no Supremo.

No entendimento do relator, ministro Luiz Fux, as declarações de Bolsonaro configuram incitação ao crime de estupro.

“A violência sexual é um processo consciente de intimidação pelo qual as mulheres são mantidas em estado de medo”, disse Fux. Ele ressaltou que Bolsonaro não falou sobre Maria do Rosário só em discurso, e repetiu as críticas em entrevistas.

O julgamento recebeu quatro votos favoráveis e um contrário, do ministro Marco Aurélio, que disse que Bolsonaro estava protegido por imunidade parlamentar no momento em que discutiu com Rosário. Já a ministra Rosa Weber defendeu a aceitação do processo. “Imunidade não significa impunidade”, argumentou ao proferir o voto.

Também votaram a favor os ministros Edson Fachin e Luís Roberto Barroso.

Defesa

A defesa de Bolsonaro alegou, durante o julgamento, que o parlamentar não incitou a prática do estupro, mas apenas reagiu a ofensas proferidas pela deputada contra as Forças Armadas durante uma cerimônia em homenagem aos direitos humanos.

Para os advogados, o embate entre Maria do Rosário e Bolsonaro ocorreu dentro do Congresso e deve ser protegido pela regra constitucional da imunidade parlamentar, que impede a imputação criminal quanto às suas declarações.

Contraponto

Em nota, a deputada Maria do Rosário definiu a decisão do STF como “uma vitória contra impunidade”. Segundo ela, citando o voto do ministro Fux, “a fala do réu contribuiu para a disseminação do ódio nas redes”.

“[A decisão] É mais um passo na construção de uma sociedade em que às mulheres sejam respeitadas em todos os espaços e valorizadas enquanto sujeitos de direitos”, diz o texto.

Grêmio convoca Conselho Deliberativo para apresentar negócio da compra da Arena

Solicitada por 50 conselheiros, sessão ocorrerá em 28 de junho

Foto: Omar Freitas /Agencia RBS

O presidente do Conselho Deliberativo do Grêmio, Milton Camargo, convocou uma sessão extraordinária, solicitada por 50 conselheiros, para que a direção esclareça dúvidas em relação ao negócio da compra da Arena. Em comunicado divulgado nesta terça, a reunião foi marcada para o dia 28 de junho, às 20h, no auditório do estádio gremista. As informações são do jornal Zero Hora. 

"Recebi um requerimento assinado por 50 conselheiros pedindo informações sobre o andamento do negócio. Por isso, convoquei esta reunião e convidei o presidente Romildo e o Conselho de Administração para expor os dados sobre o processo", explicou Camargo a ZH.
Segundo Camargo, a sessão não terá caráter deliberatório. Ou seja, os conselheiros não realizarão qualquer tipo de votação para sobre os termos da compra da Arena. Isto só deverá ocorrer após o acerto definitivo e a produção das minutas contratuais da negociação.

"A direção foi convocada para prestar esclarecimentos. A sessão não tem influência na negociação", assegura Camargo.

Após recente ameaça de rompimento nas tratativas, o Grêmio voltou à mesa de negociações na última semana. Em reunião com representantes da Caixa em Brasília, na última quinta-feira, o presidente Romildo Bolzan teve avanços nas tratativas. As conversas estão centralizadas com o banco neste momento.

A Caixa atuará como uma espécie de fiadora na compra da gestão da Arena. Com a ajuda do banco, o Grêmio obteve o aporte de um fundo que comprará a dívida do financiamento do BNDES, do Banco do Brasil, do Santander e do Banrisul. O valor, avaliado em R$ 170 milhões à vista, será arrematado por R$ 113 milhões.

O formato de pagamento do Grêmio será o mesmo estruturado pelo ex-presidente Fábio Koff. A diferença é que agora o montante de R$ 384 milhões será recebido pela Caixa em 19 anos. Nos primeiros sete anos, o clube desembolsará R$ 2 milhões mensais. Nos 12 anos restantes, pagará R$ 1,5 milhão por mês ao banco - mesmo valor que hoje é gasto para acomodar os sócios no quarto anel da Arena.

Confira a carta encaminhada:

"Na forma do Estatuto Social, artigo 69, II, letra ¿a¿, são convocados os Senhores Conselheiros do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense a reunirem-se em sessão extraordinária no Auditório da ARENA, dia 28 de junho de 2016, às 19h30min (dezenove horas e trinta minutos) em primeira chamada, e às 20h (vinte horas) em segunda, subordinada à seguinte ordem do dia:

1) Apresentação pelo Conselho de Administração de informações sobre o estágio atual das negociações envolvendo o Grêmio, Arena e OAS."

ZERO HORA

Com desgaste, Dourado e Alex devem ser poupados no Inter; Bob e Anderson ganham chance

Félix Zucco/AgenciaRBS

Félix Zucco/AgenciaRBS

O Internacional deverá ter pelo menos três baixas para o jogo contra o Coritiba, na quinta (23).

Além do zagueiro Paulão, lesionado, o volante Rodrigo Dourado e o meia Alex devem ser preservados por conta de desgaste físico.

Com isso, a tendência é que o técnico Argel escale Fernando Bob no meio-campo ao lado do Fabinho. No treino desta terça, inclusive, Argel já treinou a formação com esta dupla de volantes. Anderson deve compor o setor ao lado de Gustavo Ferrareis.

Dourado e Alex não estão lesionados. No então, possuem desgaste físico.

O volante apresentou dores após atuar duas partidas seguidas (Atlético-MG e Figueirense) após mais de 70 dias parado.

Já o meia de 34 anos atuou como titular em três partidas consecutivas (América-MG, Atlético-MG e Figueirense), sendo que fazia tempo que não começava um jogo.

O provável Inter terá: Danilo; William, Alan Costa, Ernando e Géferson; Fernando Bob e Fabinho; Gustavo Ferrareis,
Anderson e Eduardo Sasha; Vitinho.

 

Fonte: Agencia RBS

Postada em: 22/06/2016

 

 

Comentários

 

PEDIDOS

NOME

CIDADE / ESTADO

PEDIDO

TOP 10

1

COMO CHOREI (EDUARDO COSTA )
LEONARDO

2

CHUVA DE ARROZ
LUAM SANTANA

3

HOMEM NÃO CHORA
GUILHERME E SANTIAGO

4

Sapequinha
EDUARDO COSTA

5

Maus Bocados
CRISTIANO ARAUJO

6

Se você voltar (Part César Menotti Fabiano)
BRUNA VIOLA

7

AGORA
BRUNO E MARRONEY

8

RÉU APAIXONADO
TEODORO E SAMPAIO

9

HOJE EU TÔ TERRIVEL
CRISTIANO ARAUJO

10

MUDANDO DE ASSUNTO
HENRIQUE E JULIANO

 

 

PARCEIROS

 

Rádio São Marcos FM.